Multa milionária impediu Silvio Santos de tirar Cid Moreira da TV Globo em 1997 - WillCarvalho.com - O blog do Will Carvalho Locutor

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Multa milionária impediu Silvio Santos de tirar Cid Moreira da TV Globo em 1997

Thell de Castro do site Notícias da TV informa que há 21 anos o “boa noite” mais famoso da televisão brasileira, pronunciado diariamente por Cid Moreira no Jornal Nacional, quase foi parar no SBT. Após a saída de Boris Casoy do comando do TJ Brasil, em junho de 1997, Silvio Santos tentou contratar o veterano da Globo, mas desistiu por causa de uma multa contratual milionária.

Cid Moreira havia comandado o Jornal Nacional durante mais de 25 anos, entre a estreia em 1º de setembro de 1969 e o dia 29 de março de 1996, quando anunciou que deixaria a atração. O telejornal passou por uma grande reformulação depois disso.

===CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE===


Desde então, o apresentador dava expediente na emissora aos domingos, participando da locução e de quadros do Fantástico.

A Folha de S.Paulo de 26 de junho de 1997, em texto de Cristina Padiglione, anunciou que o locutor poderia pintar no canal de Silvio Santos.

“A direção do SBT não parece tão propensa a recorrer a soluções caseiras para definir o destino da cadeira que Boris Casoy deixará vaga no TJ Brasil. E como convém atirar para todos os lados, a lista de cotados inclui o dono do ‘boa noite’ mais tradicional da TV brasileira”, informou a reportagem.

O grande problema foi a multa contratual, que acabou esfriando o negócio. “Moreira não confirma nem nega que teria recebido uma proposta do SBT nos últimos dias. Só reforça que tem contrato com a emissora de Roberto Marinho até 2001 e uma eventual rescisão implicaria multa bem mais alta do que esta que a Record está bancando para tirar Casoy do SBT”, dizia o texto.

Dias antes, em 21 de junho de 1997, a mesma Folha de S.Paulo divulgou uma lista de profissionais que teriam sido sondados pelo SBT para a vaga.

Paulo Henrique Amorim, que estava no Jornal da Band e disse que não tinha a menor intenção de romper seu contrato; Chico Pinheiro, que havia sido âncora da Record até 1995 e estava no Bom Dia São Paulo, da Globo; e Lilian Witte Fibe, que apresentava o Jornal Nacional desde 1996, ao lado de William Bonner. Ela foi substituída por Fátima Bernardes no ano seguinte e voltou para o Jornal da Globo.

Apesar das inúmeras especulações, nenhum dos postulantes ao cargo foi confirmado. Ao contrário dos prognósticos iniciais, o SBT resolveu adotar uma solução caseira e efetivou Hermano Henning na apresentação do telejornal. Sem o mesmo fôlego dos tempos de Casoy, o jornalístico ficou no ar até o dia 26 de dezembro de 1997.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO SITE DIARIO DO CENTRO DO MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário