Correios suspendem cobrança de taxa criada devido ao roubo de cargas - WillCarvalho.com - O blog do Will Carvalho Locutor

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Correios suspendem cobrança de taxa criada devido ao roubo de cargas

Os Correios decidiram suspender a cobrança da taxa de R$ 3 na Região Metropolitana devido ao alto índice de roubo de cargas. O anúncio foi feito há pouco por Carlos Roberto Fortner, presidente da ECT, durante uma entrevista coletiva no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, ao lado do secretário de Segurança do Rio, general Richard Nunes. Segundo Fortner, a suspensão da taxa se deve à queda das ocorrências de roubos envolvendo carteiros.

A taxa deixará de ser cobrada a partir de 16 de novembro; o período é necessário para atualização do sistema das tabelas de preço. O fim da cobrança ocorre antes da Black Friday, em 23 de novembro, um período de grande movimento de cargas pelos Correios. A cobrança foi anunciada em março deste ano como forma de cobrir os custos com escolta dos carteiros.

— Acompanhamos os índices de roubos no Rio mês a mês. E eles vêm caindo a patamares equivalentes ao ano de 2012, antes da Copa do Mundo. Com base nisso, resolvemos suspender a cobrança — afirmou Fortner.

O presidente dos Correios forneceu números sobre as ocorrências de roubo envolvendo encomendas ou correspondências da ECT. Ao longo de 2017, foram 2.339 ocorrências em 2017 no estado do Rio. Este ano, foram 1.239 de janeiro a setembro deste ano.

Os Correios têm um levantamento próprio sobre ocorrências envolvendo o roubo de correspondências. Segundo o órgão, o único tipo de crime que cresceu foi o de roubo a carteiros que fazem entregas a pé: foram 73 casos de janeiro a setembro do ano passado e 122 este ano — aumento de 67%. As ocorrências envolvendo roubos de carteiros em motos se mantiveram estáveis — 191 no ano passado, 192 este ano. Já os casos de carteiros em veículos caíram 41%, de 1.366 para 810 casos. Os roubos a unidades dos Correios diminuíram 53%, 64 casos em 2017 para 30 este ano.

O general Richard Nunes informou, durante a coletiva, que os roubos de carga devem fechar o mês de outubro abaixo das 600 ocorrências. Em outubro do ano passado, foram 901 registros. A última vez em que houve menos de 600 registros de roubo de carga no mês foi em 2014.

— Trouxemos para o bojo do trabalho integrado da intervenção federal um crime de competência federal, que é o roubo a veículos dos Correios. Isso contribuiu para a melhora dos resultados — afirmou Nunes.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO SITE EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário