Após retirar 8, Tailândia encerra 2º dia de resgates; 5 pessoas passarão outra noite na caverna - WillCarvalho.com - O blog do Will Carvalho Locutor

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Após retirar 8, Tailândia encerra 2º dia de resgates; 5 pessoas passarão outra noite na caverna



Por volta das 9h30 desta segunda-feira (9), 19h30 em Chiang Rai, o governo da Tailândia encerrou o segundo dia de resgates do time de futebol amador preso em caverna no norte do país. Até o momento, oito garotos foram retirados do local.

Ainda restam quatro garotos a serem liberados, além do técnico de futebol que acompanha o grupo. Eles passarão mais uma noite na caverna, de onde não conseguem sair desde 23 de junho.

=CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE=



No último domingo, quatro garotos do time de futebol juvenil "Javalis Selvagens" já haviam sido resgatados da caverna. Eles estão bem e pediram "arroz frito" para comer no hospital.

Pela manhã, Narongsak Ossottanakorn, porta-voz oficial da operação,  havia informado que este segundo dia de operação seria mais "rápido do que o previsto" graças às boas condições que os especialistas encontraram no interior dos túneis subterrâneos. A previsão se confirmou com a retirada dos garotos.

Após a saída das cavernas, os meninos são levados de helicóptero para o hospital de Chiang Rai. Os nomes dos resgatados não foram divulgados, segundo o governo local, em respeito às famílias daqueles que ainda não tiveram os filhos liberados.

Por recomendações médicas, as crianças são mantidas também isoladas de seus familiares, enquanto exames de sangue e urina identificam se os garotos não contraíram doenças contagiosas enquanto estiveram na caverna.
O primeiro resgate

A operação de domingo durou várias horas: a equipe partiu às 10h (0h em Brasília) e retornou com o primeiro resgatado às 17h40 (7h40), e o segundo dez minutos depois. Os outros dois demoraram mais de duas horas. Os quatro resgatados, cujas identidades não foram divulgadas, foram levados ao hospital de Chiang Rai.

 Segundo Narongsak, os jovens foram retirados com máscaras de oxigênio e levados ao hospital em segurança. Ele havia informado que uma nova operação ocorreria após dez horas de preparação dos socorristas, por volta das 21h (horário de Brasília). No entanto, uma chuva torrencial atingiu a região logo após o final das buscas, e os socorristas ainda estavam em recuperação.
Estado de saúde dos garotos

Com pouco acesso a comida e água potável, privados da luz do sol e tendo respirado ar úmido durante dias, eles estão sendo atendidos por uma equipe médica de prontidão, com uma série de preocupações sobre o estado de saúde deles, como a desidratação, a desnutrição e a hipotermia.

Falta de luz e de comida complicam situação dos meninos e do técnico

Como os meninos e o treinador passaram muitos dias inalando ar úmido, médicos devem examiná-los para descobrir se apresentam problemas respiratórios. O tipo de ambiente encontrado em cavernas é propício à contaminação do ar por fungos que, inalados, provocam doenças.

Uma das mais comuns é a histoplasmose, conhecida justamente como doença da caverna, que acontece em regiões onde há morcegos. A histoplasmose, segundo os médicos, causa pneumonia fúngica e pode levar à insuficiência respiratória.

Existe ainda a possibilidade de terem contraído outras infecções, visto que a desnutrição e a desidratação baixam a imunidade do organismo, tornando fracas as defesas contra doenças. Por isso, os médicos devem tratar também qualquer corte ou arranhão, visto que a pele é a porta de entrada para muitas infecções.

Os grupos ainda poderão enfrentar a deficiência de vitamina D e acompanhar possíveis consequências em sua saúde mental.


Com informações do site Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário