Apresentadora pede demissão por ganhar metade do salário de colega homem. - WillCarvalho.com - O blog do Will Carvalho Locutor

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Apresentadora pede demissão por ganhar metade do salário de colega homem.


A apresentadora Catt Sadler, que trabalhava havia quase 12 anos no E!, anunciou que está de saída do canal especializado em entretenimento. Ela, que ancorava o jornal E! News ao lado de Jason Kennedy, decidiu não renovar seu contrato após descobrir que o colega de bancada ganha o dobro do salário, apesar de cumprir as mesmas funções.

==CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE==



Em uma carta publicada em seu site oficial, Catt revela que a decisão de sair não foi fácil, já que ela tinha o emprego dos sonhos no canal. "Eu pude cobrir o casamento real [do príncipe William com Kate Middleton, em 2011], os Jogos Olímpicos e cerimônias do Oscar. Já fui para festivais de cinema na França, lançamentos de filmes no Rio de Janeiro e semanas de moda em Paris", lembra ela.

Tudo mudou, segundo Catt, quando um executivo do E! revelou a ela que havia uma discrepância entre os salários dela e de Kennedy. "Quando eu fui renovar meu contrato, descobri que ele não ganhava só um pouquinho mais do que eu. Ele recebia quase o dobro do meu pagamento; e já era assim há alguns anos", conta.

Na hora de fechar o novo acordo, os agentes de Catt pediram para que o salário dela fosse aumentado. "Informação é poder. Estamos em uma nova era. A diferença de salários entre homens e mulheres está diminuindo, embora ainda tenhamos um longo caminho para trilhar. Minha equipe pediu o que eu achava que merecia. O E! negou, várias vezes."

"Como eu posso trabalhar com integridade e continuar no E! se eles não estão dispostos a me pagar o mesmo que pagam para ele? Ou pelo menos um valor parecido? Como posso aceitar uma proposta que mostra que o canal não valoriza a mim ou às contribuições que fiz em todos esses anos?", desabafa a apresentadora.

Na carta, Catt também pede para que Jason Kennedy não seja criticado por seu salário. "Ele é um dos meus melhores amigos, eu o chamo de 'meu marido da TV'. Ele está triste com minha saída e acredita que será uma grande perda para o canal. O problema não é o Jason, é o sistema, a estrutura", diz ela.

Mãe de dois filhos, Austin, de 16 anos, e Arion, de 12, Catt conta que o futuro sem um emprego fixo é assustador. "O desconhecido me dá medo, mas também pode ser um presente. Neste ano, incontáveis mulheres superaram o temor para revelarem suas verdades", valoriza Catt, em referência a vítimas de abuso sexual em Hollywood que denunciaram seus agressores.

Em comunicado enviado à revista People, o canal E! disse que seus funcionários recebem salários justos, baseados em seus cargos, independentemente do gênero.


COM INFORMAÇÕES DO SITE VIX/UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário