Ads Top

Celulares com preço acessível terão mais espaço e memória RAM em 2018

Salto de especificações viria em consequência do Snapdragon 670, suposto processador da Qualcomm com lançamento esperado para as próximas semanas.

Em 2018, celulares com memória RAM de 6 GB, armazenamento de 64 GB e tela Quad HD não deverão ser exclusividade dos segmentos mais caros do mercado. Rumores apontam que o Snapdragon 670, suposto próximo processador da Qualcomm, será o primeiro de baixo consumo com suporte a configurações avançadas em celulares que não custam tanto quanto modelos premium.

==CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE==


A informação surgiu no perfil do jornalista Roland Quandt no Twitter. Segundo ele, além de quantidade farta de memória, armazenamento e pixels no display, o novo processador romperá a barreira de fotografia em smartphones intermediários. Pela primeira vez, modelos de preço mediano poderão ter sistema dual camera com o combo de sensores de 22,6 megapixels e 13 megapixels.

O Snapdragon 670 deverá ser o sucessor do Snapdragon 660, modelo presente em diversos lançamentos orientais de 2017, como o mais vendido da China, Oppo R11S. O chip teve presença discreta no Brasil, aparecendo apenas no Zenfone 4. O celular da Asus oferece memória RAM de 6 GB, armazenamento de 64 GB e câmera dupla. No entanto, o conjunto fotográfico traseiro fica em 12 megapixels + 8 megapixels e o display tem resolução Full HD (1920 x 1080 pixels). O celular custa R$ 2,5 mil na loja da fabricante.
A expectativa é que o Snapdragon 670 ajude a popularizar smartphones com hardware sofisticado vendidos por um preço menor. Se o sucessor do 660 for mais usado pela indústria em 2018, a tendência é que haja um número maior de celulares na casa dos R$ 2 mil com memória, armazenamento e resolução de câmeras e tela de sobra.

Processador

O processador é o componente de hardware que dita e limita a quantidade de memória RAM, armazenamento, resolução de câmeras e definição da tela do smartphone. As especificações especuladas de 6 GB de RAM, 64 GB de espaço e resolução Quad HD representam os limites técnicos do Snapdragon 670.

Isso significa que caberá às fabricantes definir a melhor combinação de hardware em cada lançamento do ano que vem. No entanto, se confirmado, o novo chip da Qualcomm deverá abrir caminho para celulares quase tão poderosos quanto o Galaxy Note 8, porém custando menos que os R$ 4,4 mil pedidos pela Samsung na época do lançamento.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO SITE TECHTUDO

Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.