Ads Top

"Passei 16 anos fingindo ser comediante", diz Nelson Freitas sobre "Zorra"

Nelson Freitas falou de seus 30 anos de carreira em uma entrevista para o canal de Leda Nagle no YouTube. O ator disse que só soube que tinha dado certo na profissão realmente  quando atuou na primeira versão de "Chiquititas", em 1997, no SBT, – ele tinha feito outras novelas antes, mas sem papeis de destaque.

"Foi um fenômeno. Virei um galã de uma geração e um paizão de um orfanato. Era um médico que curava de resfriado à cegueira, foi uma loucura", lembrou ele, entre risos.

Em 1999, Nelson voltou para a Globo e fez mais algumas participações em novelas. A última foi em "As Filhas da Mãe" (2001). Logo depois, ele entrou para o elenco do "Zorra", que ainda se chamava "Zorra Total", onde ficou até este ano. "Passei 16 anos fingindo ser comediante, porque sou um ator dramático", brincou ele, que agora está na novela "Tempo de Amar".

==== CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ====

TX WEB - A melhor internet

Nelson acredita que o preconceito que os comediantes sofriam, ao não serem chamados para papeis mais sérios, não existe tanto hoje em dia. "Havia na Globo uma linha de shows, e o ator da linha de shows não ia para a dramaturgia. Mas com a internet, TV a cabo, isso foi mudando", opinou.

O ator, que participou do "Show dos Famosos" neste ano, falou de sua relação com a música. "Queria ser cantor na verdade. Mas comecei a fazer curso de teatro e nunca mais parei de trabalhar", explicou ele, que confessou que canta bem: "Canto sim, eu gosto de cantar.  Não está exatamente na bela voz , está na maneira que você traz. Quando junta bela voz, afinação, um timbre, com uma interpretação... Você pode não ter nem uma puta voz, que é o caso do Chico Buarque, mas vai dizer o que ele cantando não é encantador?".


Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.