Ads Top

Cinco passos para acabar com qualquer “birra” das crianças

Existe uma expressão em inglês conhecida como “terrible fours” — “os terríveis quatro”, que faz referência à idade em que as crianças têm ataques que muitas vezes envergonham e aborrecem pais e responsáveis.

===CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE====

TX WEB - A melhor internet

Normalmente as piores birras chegam com essa idade justamente por ser quando as crianças começam a pensar e ter opiniões e é então quando um simples “não” já não resolve o problema. É a famosa “fase da afirmação”, quando as crianças querem se impor e acham que sempre estão certas.

Para te ajudar a contornar tais situações, separamos algumas dicas que podem ser valiosas.

1. Justifique a negativa:

Como já dissemos, o simples “não” já não resolve o problema nessa idade. Aprenda a dialogar e justificar a sua negativa. Dialogue e explique porque está negando algo à criança. Não perca a calma e o autocontrole tão essenciais nesses momentos.

Segundo a psicopedagoga Isa Minatel, é nessa idade em que as crianças começam a formar suas próprias opiniões e questionar as nossas decisões.

2. Não ceda à irritação:

Ainda segundo Isa Minatel, não temos a obrigação de interagir com uma pessoa quando ela está fora de controle. Espere que o seu pequeno se acalme, dê espaço para que ele se irrite e coloque para fora o que o está incomodando e só então parta para a ação.

Uma dica é criar um canto da reflexão onde podemos deixar a criança por alguns minutos para que ela se acalme e depois explicarmos o por quê de nossas ações.

3. Insista nas técnicas adotadas:

O ser humano aprende por repetição e as crianças não são diferentes. Não é porque alguma técnica de disciplina não funcionou pela primeira vez que devemos desistir dela.

Crie regras e normas e siga firme com elas por, pelo menos, uma semana. Depois disso, se o método se comprovar realmente ineficaz parta para outro modo de ação.

Criar uma tabela com metas e tarefas pode ajudar muito nesse passo.

4. Amor e carinho:

Não é porque no momento da birra a criança parece estar tendo um colapso nervoso que você deve negar amor e carinho. Beijos e afagos depois que a criança se acalma podem e devem ser oferecidos. De preferência em doses maiores.

5. Um abraço para tudo terminar bem:

Depois de passado o ataque e quando tudo estiver calmo e explicado, dê um abraço na criança para demonstrar que está tudo bem e vocês continuam amigos.


Fonte: família.com.br

Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.