Ads Top

Caso raro: chute de bebê rompe útero de grávida; mulher quase morre

Diagnóstico foi confirmado após uma ultrassonografia, que mostrou uma das pernas do bebê do lado de fora do útero da mãe, um caso bastante incomum para a medicina

Em Pequim, uma chinesa grávida, de 35 anos, identificada como Zhang, quase morreu um após chute do bebê romper seu útero. Conforme relatado no jornal O Globo, o fato inusitado teria ocorrido no começo deste mês de outubro, quando a mulher despertou com dores abdominais fortes e foi encaminhada ao Hospital da Universidade de Pequim, em Shenzhen.

=== CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ===

Grave seu comercial com Will

Após a realização de diversos exames, que acusaram alterações na pressão sanguínea, pulsação e respiração, os médicos levantaram a suspeita do rompimento do útero da grávida. O diagnóstico foi confirmado após uma ultrassonografia, que mostrou uma das pernas do bebê do lado de fora do útero da mãe, um caso bastante incomum para a medicina. Com a imagem em mãos, os especialistas suspeitaram que o útero havia sido rompido pelo chute da criança.

Apesar de Zhang ter sofrido hemorragia interna, a cirurgia teria sido realizada com sucesso, já que a mãe e o bebê passam bem. O caso é raro (só acontece em 0,07% das gestações, segundo estimativas do Medscape) e geralmente provocado por cicatrizes deixadas em cirurgias anteriores, como as cesarianas ou para retiradas de miomas. Zhang teria passado por esta última em 2016.

Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.