Ads Top

Graças ao Google, esse homem foi resgatado de uma ilha deserta, onde viveu durante 9 anos!

Imagina ficar 9 anos em uma ilha sozinho, sem ver nenhuma alma viva e vivendo só do que a natureza dá? O homem da história de hoje passou por tudo isso e mais um pouco, e viveu pra contar, graças ao Google. Santa tecnologia, hein! Mas calma aí que vamos explicar direitinho o que aconteceu.

Adam Jones, por si só, já é um guerreiro. Ele, que passou quase 10 anos vivendo por conta própria em uma ilha deserta, havia embarcado em uma longa viagem, com o objetivo de chegar no Havaí, na companhia de dois amigos. Eles queriam, inicialmente, ter a experiência de cruzar o Oceano Atlântico e o canal do Panamá de barco.

No início, tudo estava indo bem, o grupo de amigos estava adorando e curtindo muito a aventura. Porém, eles não podiam imaginar o que estava por vir. Uma tempestade tremenda tomou conta do Oceano pacífico, e eles acabaram ficando presos.

Com a tempestade, diversos problemas começaram a acontecer. A começar pelo equipamento eletrônico do barco danificado. Mas ainda havia algo muito pior por vir, o começo do verdadeiro pesadelo. Os amigos que acompanhavam Adam caíram ao mar e Adam desmaiou, ficando inconsciente. Ele permaneceu à deriva durante 17 dias, até que chegou a terra firme.

Com problemas para encontrar e estocar comida, Adam encontrou dificuldade em conseguir água. Ele disse que teve que trabalhar muito todos os dias. Porém, segundo ele, a parte mais difícil foram os desafios psicológicos que ele teve de enfrentar. Imagina a situação?

Um dia, ele resolveu construir um sinal de SOS que media três metros de largura. A intenção era aumentar as chances de ser encontrado por um avião e finalmente ser resgatado. Até que um avião passou pela ilha e, o piloto, percebeu o sinal marcado na areia.

Ao conseguir se comunicar com o piloto, a primeira pergunta de Adam foi como eles conseguiram encontrá-lo. A resposta foi a mais chocante possível: um garoto da cidade de Minnesota tinha notado um sinal de SOS de Adam através do Google Earth.

Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.