Ads Top

Cinco pessoas são espancadas em show de Pabllo Vittar



Um show de Pabllo Vittar, ocorrido no último dia primeiro de julho, não terminou nada bem para um grupo de pessoas. Segundo informações do colunista Leo Dias, o evento que teve nome ‘A Maior do Baile – Medicina UFRJ’, aconteceu no Monte Líbano. O grupo de pessoas, todas pertencentes ao público LGBT, acusam os seguranças do local de agir com total truculência, não cumprindo o seu objetivo, que era justamente proteger e zelar pela segurança de todos.

A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual  recebeu denúncias a respeito das agressões e deve apurar os casos. Nos relatos, o grupo em questão afirma ter  levado socos e chutes, além de terem sidos arremessados da escada. “Mesmo sendo uma festa que prometia ser inclusiva,  o grupo foi agredido pelos seguranças que deveriam cuidar do bem-estar de todos”, declarou Maria Eduarda Aguiar, advogada do grupo Pela Vida.

O grupo deve se reunir para cobrar uma apuração rígida do Coordenador Especial da Diversidade Sexual do Rio de Janeiro. Nélio Geogini, titular da coordenadoria, garantiu que vai trabalhar na apuração do caso para garantir que os envolvidos paguem: “Vamos cobrar e acompanhar uma apuração rígida do caso e que os culpados sejam punidos”, declarou. A assessoria de Pabllo Vittar não comentou o assunto.

Com informações do site famososnaweb

Nenhum comentário :

Tecnologia do Blogger.